Em entrevista para o site EW, Shailene Woodley e Sebastian Stan discutem sua química no novo filme “Endings, Beginnings”. Confira:

Quando se trata de romance, todos nós estamos apenas improvisando nosso caminho e para o cast de Endings, Beginnings, isso se tornou parte do processo de gravação do filme.
O novo drama romântico do diretor Drake Doremus apresenta Shailene Woodley como Daphne, uma mulher de trinta e poucos anos, navegando no amor e no desgosto ao longo de um ano. Esse amor e desgosto são cortesia de dois homens, Jack (Jamie Dornan) e Frank (Sebastian Stan). Porém, o chocante é que o filme inteiro foi improvisado.
Sentados com a EW para uma recente mesa redonda do Zoom, o elenco discutiu os desafios de improvisar um longa-metragem e como eles encontraram sua química. “Fiquei muito ansioso para querer agradá-lo, muito mais do que em qualquer filme”, confessou Stan a Doremus. “Quero realmente garantir que ele consiga o que quer. Mas acho que essa é a natureza desconhecida disso.”
Woodley ecoou os pensamentos de Stan, embora ela dissesse que as coisas ficaram mais fáceis à medida que avançavam. “No começo, parecia um pouco assustador. Começamos o filme em Big Sur, e essa foi a parte mais difícil, porque Sebastian e eu não nos conhecíamos naquele momento”, lembrou ela. “Essa foi a parte mais complicada para mim, apenas saber o quão próximas essas duas pessoas devem estar uma da outra e, como você está improvisando, não sabe o que aconteceu na história deles de antemão. É meio que um jogo de adivinhação. Essa foi a parte mais difícil, naquela primeira semana em Big Sur, nos primeiros dois dias, e depois disso, foi divertido. Parecia que todos os dias chegávamos a montar e tocar juntos. Não pareceu improviso em um ponto, parecia a vida “.
Por outro lado, Dornan disse que achou a abordagem libertadora, particularmente durante uma cena em que o personagem de Woodley deveria contar sobre sua gravidez. “Estranhamente, eu poderia ter feito essa cena pelo resto da minha carreira e ficado satisfeito”, disse ele. “Shai era a pessoa mais crua e honesta que eu já vi, com ou sem uma câmera na cara deles. Toda vez que ela entrava na cozinha, eu não fazia ideia do que ela ia dizer.”
Por parte de Doremus, ele ficou emocionado com os resultados que obteve de seu elenco. “Sinto que todas as performances do filme são tão naturais”, disse ele. “Você não vê as cordas realmente.”

Assista ao vídeo:

“Endings, Beginnings” está disponível para stream nas plataformas digitais dos Estados Unidos, sem data de estreia para o Brasil.

Fonte: EW

Tradução & Adaptação: Equipe SWBR